Growth Hacking Marketing – O que é e por que aumenta as vendas?

 

Growth Hacking Marketing – O que é e como funciona em uma empresa?

 
Como tudo na vida o marketing está em constante evolução, porém algumas empresas não se atentam a isso, que é um verdadeiro tiro no pé.

As estratégias tradicionais de marketing estão muito previsíveis e as empresas que ignorarem esse fato estão fadadas ao fracasso.

Hoje o importante é otimizar. Bem, sem mais delongas, vamos ao que interessa, o que é e para que serve Growth Hacking?

 
growth-hacking-marketing
 

Growth Hacking é um método de testar o maior número de canais de mídias possíveis no menor tempo.

A intenção é fazer com que uma empresa cresça rapidamente.

Esse processo é composto por testes de marketing convencionais e não convencionais, o mais legal disso tudo é que, não só se vale pensar fora da caixa, como se tem liberdade para aplicar ideias fora da caixa, a fim de testa-las.

Todo esse processo é desenvolvido por profissionais de marketing, engenheiros e gerentes de produtos, que se concentram na construção e envolvimento da base de usuários de um produto ou serviço.

Na maioria das vezes o principio do Growth Hacking é trabalhar com alternativas gratuitas ou de baixo custo, como:

Mídias sociais, campanhas virais, sempre dando preferências para campanhas online, uma vez que o custo é bem menor do que as mídias tradicionais, como:

Rádio, tv, entre outras.
 

Conceito Grownth Hacking Marketing.

O Growth Hacker foi criado por Sea Ellis e termo foi citado pela primeira vez em 2010.

O conceito é testar e unir estratégias de marketing a fim de obter o crescimento rápido de uma empresa.

Em um post no blog de Ellis, ele definiu um growthhackers como: “Uma pessoa cujo o verdadeiro norte é o crescimento. Tudo o que se faz é examinado por seu potencial impacto sobre o crescimento escalável.”

Sendo assim, o conceito do Growth Hacking é testar diversas estratégias, criar uma estratégia inovadora que seja simples, de baixo custo e de alta performance.
Exemplo da base;

  • Quem é o seu público?
  • Onde o seu público está?
  • Qual é a linguagem do seu público?

“Colaboração poderosa, ideias e recursos de aprendizagem para equipes de marketing e crescimento”.

Ao ouvir o termo “Growth Hacking” pela primeira vez assusta, mas depois de entendermos, percebemos o quão simples e inteligente é.
 
Para saber mais sobre a evolução do marketing, leia o artigo: Native Advertising
 

Cases que usam Growth Hacking Marketing.


youtube-growth-hacking
twitter-growth-hacking
growth-hacking-pintrest
drop-box-growth-hacking

Ao observarmos esses cases não podemos ignorar e achar que o tal do Growth Hacking não funciona, não é?

Diversas empresas usam o Growth Hacking Marketing para acelerar o crescimento, essa onda começou com start ups, porém hoje diversas empresas surfam nela, dos mais diversos segmentos.

 

As principais características do Growth Hacking.


 

Estratégia.

Em meio a tantos testes e crescimento rápido é fácil esquecer a estratégia, pois para obter alta performance e crescimento rápido é necessário manter o foco nas oportunidades de sempre impulsionar o crescimento.

Às vezes acontece que a estratégia fica de lado para aproveitar se as oportunidades.

Mas vale salientar, que sim, existe uma estratégia e ela deve ser mantida como eixo.

É importante manter o eixo em um processo adaptativo para não perder o alvo.
 

Foco na escalabilidade dos projetos.

Uma das características mais importantes de Growth Hacking Marketing é o poder de escala que o projeto pode alcançar.

Entenderemos melhor esse tópico ao término da leitura, os projetos Growting Hackings são totalmente focados em baixo custo e escalabilidade.

Uma vez que, originalmente atendia start ups e a maior intenção de uma start up é crescer, lógico.
 

Equipe focada em um objetivo.

Os projetos são importantes para deixar a equipe focada na alta performance dos resultados, todas as partes dos projetos devem ter objetivos claros.

Toda a equipe deve fazer parte dos processos em um geral, isso é fundamental para que todos possam opinar sobre as estratégias usando as suas experiências passadas, assim encurtando caminhos e evitando erros.

O alinhamento da equipe com relação as métricas, objetivos, resultados e tudo mais, é imprescindível.
 

Projeto adaptável.

Na maioria das vezes as táticas de um projeto de Growth Hacking são adaptáveis, justamente para não perder o eixo da estratégia, como citado acima.

Conforme surgem novas oportunidades ou testes, esses podem ser incorporados ao projeto sem a perda do foco.

Também como, algumas táticas podem ser retiradas, caso não estejam surtindo os efeitos desejados.

Tudo isso com agilidade e sem se dispersar do objetivo, flui mais ou menos em um processo natural, onde as táticas já esperam adaptações, ou seja, uma arquitetura inteligente.
 

O Growth Hacking veio para acabar ou ajustar o marketing?

O Growth Hacking veio para se fazer marketing de alta performance, pois o marketing estava ficando ultrapassado e quem não enxergar isso vai ficar para trás.

Hoje uma estratégia montada para empresa não serve para outra, muito menos se passar um ano.

O Growth Hacking Marketing veio para fazer marketing tradicional de um jeito único e inteligente, caso a caso.

É um sistema orgânico, onde são várias cabeças pensando e trocando experiências passadas ao mesmo tempo.

E tudo isso para cada caso, por isso friso que, é um método inteligente e de alta performance.

Tenha em mente que os projetos “4P’s” de marketing que eram usados para várias empresas estão morrendo, ou você age com inteligência, ou o futuro está fadado ao fracasso.
 

Equipe com autoridade.

No Growth Hacking os membros da equipe devem ter liberdade para opinarem em toda as táticas do planejamento.

Isso gera economia de tempo, pois qualquer pessoa pode ter um insight ou experiências passadas que agregam e servem de atalhos no projeto.

Essa característica do Growth Hacking é ótima porque dá velocidade ao projeto, e dentro de um determinado tempo é possível fazer mais e mais testes, assim dimensionando o projeto em menos tempo.
 

Espirito colaborativo.

Uma das características que torna o Growth Hacking mais forte e eficaz é a colaboração dos integrantes da equipe.

É indiscutível que um time engajado desenvolve um trabalho melhor, e para fechar esse circulo, um time onde todos estão engajados e com responsabilidades, mostra uma potência para fazer um trabalho fantástico.

E a grande sacada de tudo que falamos nesse artigo é o potencial de diversos conhecimentos em um único lugar.
 
 

Fonte: Endeavor Canal YouTube: [KES] Growth Hacking: As Novas Tendências do Marketing – Ryan Holiday


 

Concluindo:

Entendemos que o Growth Hacking Marketing veio como uma extensão do marketing, podemos dizer que é um marketing inteligente e otimizado.

Acredito que o conceito do marketing nunca acabará, porém deve estar em constante evolução.

Percebemos o conceito de marketing está presente em tudo, pois marketing é relacionamento, o que sempre muda são as ferramentas aplicadas e os métodos.

 
Conheça mais um passo na evolução do marketing, leia o artigo: Native Advertising
 
Você gostou desse artigo? Qualquer dúvida deixe o seu comentário.
 

Referências:
growthhackers.com
en.wikipedia.org/wiki/Growth_hacking
en.wikipedia.org/wiki/Sean_Ellis_(entrepreneur)

 

Quer receber conteúdo exclusivo?

Coloque seu e-mail ao lado e
clique em "Eu quero"


 

Hospede seu site/blog na HostGator, desde 2002 no mercado, planos a partir de R$ 11,90. Confira.

Aprenda como trabalhar em casa a partir da internet com o treinamento Máquina de Vendas Online.


 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *